CONSEQUÊNCIA DAS CRUZADAS

O movimento das Cruzadas, a intensificação da atividade mercantil e o renascimento das cidades tiveram as seguintes consequências:

  1. a abertura do Mediterrâneo ao controle europeu, o que beneficiou principalmente as cidades italianas (Veneza, Gênova e Florença), que passaram a exercer o domínio comercial na Europa, com a eliminação de Constantinopla como intermediária das mercadorias do Oriente;
  2. o abastecimento de madeira, peles, couros, especiarias, açúcar, ouro, prata, perfumes, marfim – vindos do Oriente Médio e da Ásia, principalmente de uma região conhecida como Índia – passou a ser frequente na Europa, impulsionando definitivamente o seu desenvolvimento comercial;
  3. o contato com outros povos introduziu no continente europeu novas técnicas de navegação, além dos algarismos arábicos (1, 2, 3, …), que passaram a ser utilizados em larga escala, facilitando os cálculos;
  4. o crescimento de vilas e cidades que se tornavam centros de comércio, atraindo servos do campo para a cidade;
  5. o desenvolvimento de uma nova classe social, que não era de proprietários de terras nem de trabalhadores servis, mas dedicava-se ao artesanato e ao comércio: a BURGUESIA (os habitantes dos burgos).

Pensamento do dia  

“Estou pensando em criar um vergonhódromo para políticos sem-vergonha, que ao verem a chance de chegar ao poder esquecem os compromissos com o povo”.

Leonel Brizola

Obrigado pela visita

Adilson Viana

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s